Buscar
  • BDR Conteúdo

O que considerar na hora de escolher sua carreira profissional?

Autoconhecimento e muita pesquisa são o segredo da escolha profissional. Continue lendo e saiba o que considerar nessa etapa tão importante da sua vida!



Muitos jovens já na adolescência desenvolvem afinidades e aptidões bem específicas. Isso torna o ato de escolher carreira profissional algo simples e intuitivo. Porém, essa nem sempre é a realidade da maioria das pessoas. Ainda mais quando consideramos que é uma decisão muito importante, e de grande impacto futuro.

Pensando nisso, preparamos este artigo, trazendo várias dicas bem bacanas para te ajudar nessa hora. Afinal, são diversos pontos que devem ser levados em conta: despesas, tempo e principalmente inteligência emocional. Continue lendo e descubra como tomar a melhor decisão!

O que considerar na hora de escolher carreira profissional?

Antes de mais nada, para escolher carreira profissional, você deve parar e observar sua vida. Quais são seus interesses? Suas habilidades? O que te motiva e quais são suas expectativas, seus desejos e objetivos? Refletir sobre esses pontos pode trazer respostas interessantes que vão ajudar nessa etapa!

Após essa reflexão, chegou a hora de pesquisar – e muito – sobre as possibilidades profissionais. Procure principalmente carreiras que em algum momento já passaram pela sua cabeça. Mas também explore aquelas de que você tenha ouvido falar ou sinta curiosidade em saber mais. Isso ajudará a inclusive descartar algumas no meio do caminho.

Essa é uma decisão importante e deve ser muito bem pensada. Por isso, preparamos alguns pontos mais relevantes para você se organizar e aumentar as chances de acertar na escolha!

Pratique o autoconhecimento

Esse talvez seja o ponto mais crucial para iniciar qualquer aspecto da sua vida. Para escolher uma carreira profissional, você precisa se conhecer muito bem. Pode parecer óbvio, mas a maioria dos jovens acaba fazendo escolhas precipitadas nessa etapa. Isso porque não se dedicaram ao autoconhecimento e a entender o que os fará felizes a longo prazo.

Muito mais do que apenas conhecer seus talentos, você precisa saber o que gosta de fazer – e também aquilo que não quer fazer a longo prazo. Considere questões como:

  • Você lida bem com pressão?

  • Você gosta mais de planejar ou de agir?

  • Onde você quer viver, numa cidade grande ou no interior?

  • O que costuma fazer no tempo livre?

Essas são variáveis que podem influenciar diretamente ao escolher carreira profissional.

Quais suas preferências?

Agora você já começou a se autoconhecer e a entender quem você é. Então comece a listar suas preferências. Escolher uma carreira profissional que não te faça feliz pode gerar uma frustração muito grande.

É preciso deixar claro que não existe uma profissão perfeita. Em qualquer parte da nossa vida, seja ela profissional ou pessoal, sempre há algo a ser melhorado ou que nos incomoda. Contudo, é preciso saber lidar com essas pequenas questões e entender que fazem parte do processo.

Para ser feliz na atividade laboral que exerce, o todo tem que fazer sentido para você. No final das contas, o seu propósito tem que ser parte do que você faz no dia a dia. Isso ajudará você a não sofrer pela falta de motivação.

Pesquise, pesquise e pesquise

Já falamos antes, mas é sempre bom reforçar: pesquise sobre profissões, carreiras e atividades. Você pode até mesmo procurar pessoas que já estão na área. Toda informação – mesmo que a princípio não pareça importante – pesa na hora de escolher carreira profissional.

Sua ideia é fazer carreira no mundo corporativo, por exemplo? Pesquise empresas de diversos segmentos que tenham profissionais com a formação que você incluiu na sua lista. Entenda como eles fizeram para entrar lá e como receberam promoções. Saiba quais são suas dificuldades e também qual a remuneração nesse processo. Essa prática vai ajudar inclusive na sua primeira entrevista de emprego.

Invista em testes vocacionais

Essa é uma alternativa muito utilizada. Principalmente quando não tínhamos tanta informação em mãos, esses testes ajudaram, e muito, os futuros profissionais. Mesmo depois de se autoconhecer, fazer planos a longo prazo e entender como funcionam as carreiras, você não está seguro(a)? Invista em um teste vocacional.

As questões são todas elaboradas por psicólogos para obter um resultado preciso de acordo com seu perfil. Você também pode se surpreender com o resultado e abrir a mente para uma alternativa em que ainda não havia pensado. Para isso, procure por profissionais confiáveis e especializados.

A carreira pode não ser definitiva

Sabe o que deixa os jovens mais nervosos e indecisos na hora de escolher a carreira profissional? Acreditar que ela será para toda a vida. Porém, esse é um grande erro. Nada na nossa vida é constante.

Você mesmo(a) vai mudar com o tempo e com a experiência. Seus desejos, suas expectativas e até mesmo o modo como lida com as situações. Talvez você escolha morar numa cidade grande e descubra que é da calmaria do interior que precisa, ou vice-versa.

Na metade do caminho você pode descobrir novas possibilidades – afinal, profissões surgem a todo momento. Ou pode até mesmo mudar seu propósito de vida. E está tudo bem, ok? O importante ao escolher carreira profissional é você ser adaptável ao ambiente. Isso pode aumentar as chances de obter sucesso, mesmo que não permaneça nessa área para sempre.

Agora que você já sabe os pontos principais para escolher sua carreira profissional, mãos à obra. Pratique sempre o autoconhecimento em todas as áreas da sua vida. Ao se conhecer, você pode ir muito mais longe.


Além disso, foque suas pesquisas no que realmente faz sentido para você. Com isso, sua escolha será muito mais assertiva e trará muita satisfação, tanto no âmbito profissional quanto no pessoal.


Veja também: Direcionamento vocacional

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 Por BDR Talentos Corporativos. Todos os direitos reservados.

  • Facebook BDR
  • Instagram BDR
  • LinkedIn BDR