Buscar
  • BDR Conteúdo

Não sei qual carreira escolher, o que posso fazer?

Atualizado: há um dia

Escolher carreira é uma responsabilidade grande, pois se trata do seu futuro. Mas, com algumas dicas, é possível tomar uma decisão mais informada sobre a carreira que tem mais a ver com você.


De repente, aos 17 anos, os estudantes se veem na responsabilidade de tomar uma das decisões mais importantes para o futuro: escolher carreira. A hora de escolher o curso superior costuma tirar o sono dos vestibulandos. Eles muitas vezes sofrem influências externas dos pais, da escola e dos amigos sobre a profissão que devem seguir.


A pressão é enorme. E, com todas as descobertas da idade, tudo se torna ainda mais intenso. Hoje, o mercado de trabalho cada vez mais variado coloca à disposição dos jovens infinitas possibilidades. Então é normal ficar em dúvida e questionar até as maiores certezas.


Humanas, biológicas, exatas… Qual caminho seguir? Escolher uma profissão tradicional, como medicina e direito? Ou apostar em carreiras diferentes, como digital influencer, gamer, musicista ou atriz?


Ser apaixonado por escrever é suficiente para ser jornalista? Tirar boas notas nas matérias de exatas significa que as engenharias são uma boa opção? São muitas as perguntas! Mas separamos algumas dicas que podem ajudar, e muito, nesse momento de tantas dúvidas. Confira!


O que te traz felicidade?

Ok, pode parecer clichê. Mas escolher carreira, além do retorno financeiro, está atrelado àquilo que te dá prazer. Pense no que traz felicidade e no que você domina com facilidade. Observe a sua trajetória escolar, a sua história. Como é seu dia a dia? Aquelas coisinhas do dia a dia que a gente curte fazer e que nem sabe que poderia ser uma profissão. Tipo desenhar, editar foto, organizar festas. O que faz os seus olhos brilharem?


Fazer essa reflexão é quase uma análise da trajetória escolar e do caminho até aqui. E ela é fundamental para identificar em qual área você terá mais sucesso. Isso porque o sucesso é consequência de profissionais apaixonados pelo que fazem. Se você não escolher o caminho que te faz feliz e focar apenas no dinheiro, pode acabar se frustrando.


Pesquise o mercado de trabalho

Hoje, temos um mundo de informações a um clique de distância. Com uma simples pesquisa, você tem acesso a vídeos, podcasts e textos diversos. E eles podem te ajudar a conhecer ainda melhor o seu mercado de trabalho.


Tire suas dúvidas! Fique por dentro da sua área de atuação, das possibilidades que a profissão oferece, da remuneração. E, claro, de como está a demanda no mercado. Mas fique atento: existem profissões que mudam o tempo todo. Então pode ser que a visão que você tinha de alguma área já não seja mais realidade.


Diferencie hobby de profissão

Sim, encontre aquilo que vai trazer felicidade. Mas não precisa ser exatamente o que você tem como hobby. Por exemplo: seu hobby é desenhar. Você pode escolher carreira em áreas que o explorem esse hobby, como arquitetura, moda ou design gráfico.


Mas tenha em mente que o curso nem sempre será só desenhos. Dificuldades e outras matérias fazem parte da graduação. E saber disso é fundamental para não se frustrar lá na frente. Tente combinar aquilo em que você tem facilidade com aquilo que gostaria de aprender e aprimorar.


Faça uma lista de carreiras

Às vezes, ao escolher carreira, você pode estar em dúvida entre duas ou mais opções (totalmente diferentes uma da outra!). O legal aqui é fazer uma lista e comparar áreas de atuação. Pense na remuneração e nos demais pontos que podem ser determinantes na hora da escolha.


Converse com quem já está no mercado

Nada como um bate-papo com quem vive na pele todos os dias a realidade que você está projetando para o seu futuro. Às vezes, fazendo algumas perguntas, você já consegue esclarecer algumas dúvidas e quem sabe até escolher uma carreira.


Onde vou estudar?

Algumas profissões vão oferecer mais oportunidades em lugares específicos. Apesar de sempre existir oportunidade para quem se destaca, a localização pode ajudar você a crescer. Por isso, pense nisso ao escolher carreira.


Por exemplo, um curso de artes cênicas. Em São Paulo ou no Rio de Janeiro, ele provavelmente vai abrir mais portas do que em outros lugares. Mas isso não é regra. É questão de análise e reflexão do que pode beneficiar ainda mais a sua carreira.


Faça um teste vocacional

Algumas escolas oferecem testes vocacionais para os alunos gratuitamente. Mas você pode procurar por empresas especializadas para ajudar na aplicação do teste. Testes vocacionais costumam dar boas pistas sobre seus interesses, áreas mais indicadas e possíveis carreiras.


Conheça o direcionamento Vocacional da BDR

O Direcionamento Vocacional auxilia no momento da escolha da sua graduação e carreira. Ele permite que você conheça as suas identificações e se direcione para o futuro. É destinado à estudantes que estão em dúvida quanto a escolha e direcionamento da carreira.

Refletir e se conhecer são pontos importantes para a melhor tomada de decisão. O Direcionamento Vocacional possibilita mais segurança nas suas escolhas e ajuda no esclarecimento do seu foco profissional. Tudo isso com o suporte de quem tem expertise sobre o mercado de trabalho e desenvolvimento de carreira.

Saiba mais aqui.


23 visualizações

© 2020 Por BDR Talentos Corporativos. Todos os direitos reservados.

  • Facebook BDR
  • Instagram BDR
  • LinkedIn BDR